Cocos

0
Cocos-Bahia (foto: ferias.tur)

Conheça mais sobre a cidade de Cocos-Bahia

DATA DE EMANCIPAÇÃO: A emancipação do município de Cocos se deu através da Lei n.º 1.025, de 14 de agosto de 1958, e publicada no Diário Oficial no dia 15 de agosto de 1958, sendo que o primeiro prefeito a governar Cocos foi à pessoa do Sr. ALÍPIO JOSÉ DE MOURA – de 1958 a 1962, passando, doravante, por mais dez prefeitos e atualmente encontra-se administrado pelo Prefeito Sr. MARCELO DE SOUZA EMERENCIANO. FESTAS POPULARES: Aniversário da cidade, festejos do Padroeiro da cidade, festas juninas etc.

Origem do nome Cocos: Sabe-se que em épocas remotas andavam por esta região alguns tropeiros, existindo na época muitíssimos pés de Coco, das espécies palmeira, buriti e guariroba, onde esses transeuntes faziam suas pousadas ao abrigo dessas árvores, denominando POUSADA DOS COCAIS, acreditando-se que desta denominação, originou-se o nome da cidade de COCOS.

Supõe-se que os primeiros habitantes fossem os índios, visto que até em nossos dias ainda são existentes os seus vestígios (inscrições) em pedras, no lugar denominado VÁRZEA; após escavações foram encontrado panelas e vasos de barro contendo ossos humanos – prática essa que se atribui aos indígenas, por estimarem os restos mortais de seus entes queridos. Daí por diante, foram chegando outras famílias de diferentes etnias, oriundas de outras regiões que, vendo a fertilidade do solo, resolveram fixar moradias, dividindo as suas terras em fazendas.

Nessa época não se sabia a que comarca ou jurisdição essas terras pertenciam, mas já havia sitiantes de cuja procedência e nomes até hoje é desconhecida. No que tange a autoridade, não era tão fácil o governo manter um contingente para impor a ordem e o respeito, e o povoado em formação já estava carente de autoridade, e através de leis e decretos o Governo Federal concedeu várias PATENTES MILITARES aos nossos antepassados. Entre as que se destacaram: Cel. Fernando Lopes de Souza, Major Emiliano das Neves, Tenente Claro, Capitão Valério, Capitão Augusto Joaquim Lopes Neves, tenente-coronel Ramiro Lopes de Assis, Coronel Virgílio Bandeira Chagas, Coronel João Correia Duque, Major Leônidas de Araújo Castro e o Tenente-Coronel Daniel Augusto de Azevedo, que ocupou o posto de comandante da 231ª (duodécima trigésima primeira) região.

Também não podemos deixar de mencionar as INAUGURAÇÕES, que também são fatos históricos registrados nos anais, conforme segue:1.ª) – A água encanada que jorrou nas torneiras pela primeira vez em julho de 1969, sendo a sua inauguração oficial com instalação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, em 30 de novembro de 1970;

2.ª) A luz hidráulica inaugurada em 14 de novembro de 1970;

3.ª) Escritório da EMATER-BA, inaugurado em 1.º de dezembro de 1975;

4.ª) Agência do Banco Econômico S/A, inaugurado em 27 de março de 1976;

5.ª) Escritório do INTER-BA, inaugurado em 06 de janeiro de 1978;

6.ª) Agência do BANCO DO BRASIL S/A, inaugurado em 15 de junho de 1978;

7.ª) Centro Educacional Professor Roberto Santos, inaugurado em abril de 1978.

Área Territorial: A sua área territorial é 10.044 km2, sendo o 9.º município da Bahia em área.

 PONTOS TURÍSTICOS: Balneário do Rio Itaguari.

 Dados demográficos

Características da população – população total: 19.498 (conforme Estimativa 2017/IBGE)

Economia: A Situação da Economia local baseia-se nas principais atividades econômicas, que são a PECUÁRIA e a AGRICULTURA. Sendo a que mais sobressai – a PECUÁRIA. Os produtos agrícolas mais produzidos e de maior destaque na região são: milho, feijão, arroz, cana-de-açúcar, mandioca e café.

Philip Morris investe R$ 168 milhões em complexo de produção de tabaco em Cocos

A Philip Morris, das maiores empresas globais da área de tabaco, anunciou nesta sexta-feira (11 de Dezembro de 2015) investimentos de R$ 168 milhões na produção de tabaco curado no município de Cocos, no oeste baiano, gerando 400 empregos diretos. O protocolo referente ao empreendimento foi assinado com o governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Assinaram o documento o titular da pasta, Jorge Hereda, e os gerentes da Philip Morris Brasil, Luís Camarate e Marcos Moraes. A companhia instalará em Cocos um complexo agroindustrial que abrangerá desde a compra das sementes até a colheita de tabaco. “O terreno já está em fase de terraplanagem e a expectativa é que a primeira colheita já seja feita no segundo semestre deste ano. Escolhemos Cocos por causa do clima e solos excelentes, possibilidade de irrigação e mecanização da produção”, explica Camarate. O volume de tabaco produzido na Bahia será destinado majoritariamente para o mercado externo. O gestor afirma que o projeto instalado na Bahia é muito importante para a empresa. “Além de ser um importante mercado consumidor, o Brasil tem uma importância muito grande no mercado mundial de tabaco, respondendo por cerca de  20% da produção”, diz. (Governo da Bahia)

FEIRA: Costumeiramente, aos sábados, na sede, existe uma feira livre, com uma variedade de gêneros alimentícios vindo da zona rural; estando também presentes muitos feirantes de regiões circunvizinhas.

 Agentes Bancários: Banco do Brasil S/A e Bradesco S/A.

 Existe no município o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Com informações do site oficial da cidade de Cocos

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBrejolândia
Próximo artigoCoribe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here